O PODER DE UMA FOTO

ff7f8fa30d7b5351619bc659e11fe206

 

São bilhetes, cartas, palavras, frases, músicas e poesias que nos tiram o pé do chão. Ou nos desestabilizam. Não é preciso muita coisa, uma imagem, que cai por acaso na sua página, ou você puxa da caixa de memórias, pode arruinar seu dia, ou noite. Mas gostamos de guardar, ou simplesmente ficar ali parada olhando e sentindo a dor crescer. Passado o choque, vem o masoquismo. Queremos olhar, queremos nos certificar que aquela a imagem tem importância mesmo que esteja num passado longínquo, ela vai lhe abalar.

Muitas outras impactam pela beleza, pela sensibilidade, o momento inspirado que passou primeiro pelo coração do fotógrafo, no instante mínimo do apertar de um botão. Derramam sentimento.1010519_507794802607721_125941859_nSão olhares abençoados.  Íntimos da Luz e da sombra. As lentes falam.

Pode ser também uma foto amarelada de um momento feliz, pode ser uma colorida de ontem, que lhe desafia. É isso, as imagens nem precisam de palavras, desafiam.  A gente volta ao passado e o coração voa junto, sentindo alegrias recolhidas ou lágrimas já choradas.

O poder de um registro é muito maior do que se imagina. Porque resume rapidamente uma história, que se derrama como uma ampulheta. Fica ali como tatuagem, apontando a cicatriz.b3c2971d8ce14dfcf6e6874e4019e342

Foram inventadas para isso, para que o tempo se cristalize. As minhas são guardadas em caixas e álbuns, como se fazia antigamente. Arquivadas como preciosos tesouros. Raramente vistas, essa é a verdade. Nesses tempos de modernidade o computador se encarrega de guardar na Nuvem. Até hoje não sei bem o que é isso, porém acho um lugar perfeito. Perdidas no espaço, serão eternizadas, um dia todas serão deletadas pela família, que escolherá uma ou outra só para não perder a identidade.

Todos os seus amigos, seus momentos inesquecíveis, seus amores, suas dores, suas gargalhadas, seu vestido de noiva, o nascimento do seu filho, a paixão proibida, as brigas que causou as casas que habitou as viagens e lugares por onde andou, os abraços, os rostos que acariciou. Estarão ali, numa nuvem, que de repente faz você chover por dentro, ou ficar morrendo da mais pura saudade. De horas agora distantes, tudo  resumido num clique. Registros de amor, de alegria são documentos.  Em mim, o efeito às vezes é devastador. Mas sempre tive paixão por fotografar. E acumulei milhares, o que me faz perguntar para que? Acho que de vez em quando, deveríamos fazer uma faxina e ter a coragem de rasgar, cancelar, porque essa escolha é sua. É sua essa memória. Que será queimada impiedosamente por outros, quando você morrer. Já assisti isso e me chocou.negocio-fotografia

Estou divagando para estancar uma dor. A dor de me deparar com uma foto, que me desnorteou.     Foi bem numa noite, quando distraída abri um livro. A foto essa em questão, naquele momento me esbofeteou , o rosto ardeu ,fiquei sem dormir.  Fez-me supor, imaginar, inventar, desencantar, desconcentrar. Tinha tanta força que me espantou.  Congelei, larguei tudo, desfoquei, inventei. Fiz dela um filme, com final incerto. Por ali, passaram-se anos, dias, garrafas de vinho, champanhe, festas, lençóis amassados, cheiros, gosto de mar, de beijo na boca, som de gargalhadas, um café em Paris, olhares matreiros, sexo, abraços, Pavarotti cantando, Ivan Lins se entregando numa canção. Portas se abrindo num aeroporto, chegada sem partida, segredos, mistérios. Dentro da minha exagerada imaginação uma Vida.Cafe-de-Flore-in-Paris

Era apenas e tão somente uma foto. Reveladora, cruel. Breaking Point.*9576635_7FejQ

Uma resposta e uma indagação. Teria sido certa essa escolha? Ela me trouxe o odor azedo do medo.

Aconchegada no sofá levei um tempo no martírio.  O olhar pousou na garrafa de uísque, um porre cairia bem. Mas o dia iria amanhecer do mesmo jeito e uma ressaca estenderia essa sensação.

Aquela adrenalina teria que ser consumida de uma vez, estava na hora de finalizar uma agonia. Deixá-la entrar, tomar conta, uma noite seria o tempo certo para aquele aborto. Andava grávida de ilusão. Era melhor romper a manhã com o vazio, essa memória estava tomando espaço , se alastrando, incomodando, quase sem intervalos.

Inevitável,  seria preciso  amenizar. Sem levantar do sofá apertei  o botão do controle remoto.the-good-wife-season-7-03 Viajei então para um tribunal em Chicago, lá eles resolviam tudo com acordos, nem sempre lícitos, mentiam se ferravam em nome da verdade, essa obsessão americana, mas o importante era vencer. Eram hipócritas, ardilosos, filhos da puta, e muitas vezes era justamente uma foto que decidia uma vitória ou uma condenação.  Talvez esteja confundindo vocês, mas tenham paciência é um curto circuito, estou no final.

Olhei de novo pela última vez para aquela fatídica fotografia, ignorei a nuvem onde poderia deixar arquivada e sem acordo bati o martelo: GUILT*

martelo-juiz-computador

 

*Ponto de ruptura

*Culpado.

 

 

 

Vera Vianna

Quando trabalhava no Jornal do Brasil ao entrevistar Nelson Rodrigues foi convidada para protagonizar o filme ENGRAÇADINHA, de seu livro ASFALTO SELVAGEM, assim, ingressando na carreira artística. Hoje atriz , jornalista, blogueira e escritora.

  • Vera Vianna

    Jota Emi- Respondendo a uma pergunta, em uma entrevista, Mia Couto afirmou que um bom escritor é aquele que tem histórias e faz o leitor viajar dentro dele. É, de certa forma um contrabandista de almas. VERA VIANNA você é uma contrabandista de almas!!Jota Emi Respondendo a uma pergunta, em uma entrevista, Mia Couto afirmou que um bom escritor é aquele que tem histórias e faz o leitor viajar dentro dele. É, de certa forma um contrabandista de almas. VERA VIANNA você é uma contrabandista de almas!!Jota Emi Respondendo a uma pergunta, em uma entrevista, Mia Couto afirmou que um bom escritor é aquele que tem histórias e faz o leitor viajar dentro dele. É, de certa forma um contrabandista de almas. VERA VIANNA você é uma contrabandista de almas!!

  • Vera Vianna

    JOTA EMI ... Já respondi no FB , mas deixo aqui registrado e meu obrigada pelo tamanho carinho.

  • Vera Vianna

    Dorinha Magalhaes Dorinha Magalhaes Já lhe disse uma vez e repito agora: Quando leio seus textos,me transporto áquele lugar pensado,vivido ou inventado que você descreve...Agora,falando de fotos, viajei aos meus 14 anos ...Escrevia longas cartas para um Principe encantado, sem cavalo,sem castelo, mas lindo de viver! Nessas páginas, colocava retratos de atores de cinema junto às minhas e vivia belos sonhos! Essas fotos "viveram"muitos anos escondidas em uma gaveta, até que meu Principe virou sapo e os sonhos ,uma realidade nada encantadora...Cresci ...! Fotos trazem todo tipo de emoção , algumas nem tão boas assim, mas nunca mais viveremos de novo o mesmo momento...

  • Vera Vianna

    Dorinha Magalhães seu comentário dá uma crônica, sobre sonhos e fotos... Obrigadaaa, é lindo!

  • Anna Giovanna Teotonio

    Amei o texto . Me levou a outras viagens , cheiros e experiências . Continue ... bjs

  • Vera Vianna

    De Lilian Caruso==== .Aconchegada no sofá levei um tempo no martírio. O olhar pousou na garrafa de uísque, um porre cairia bem. Mas o dia iria amanhecer do mesmo jeito e uma ressaca estenderia essa sensação. Aquela adrenalina teria que ser consumida de uma vez, estava na hora de finalizar uma agonia. Deixá-la entrar, tomar conta, uma noite seria o tempo certo para aquele aborto. Andava grávida de ilusão. Era melhor romper a manhã com o vazio, essa memória estava tomando espaço , se alastrando, incomodando, quase sem intervalos. Inevitável, seria preciso amenizar. Sem levantar do sofá apertei um botão... ( guilt..).!!!" Vera querida, brilhante mulher das estrelas e nuvens, mulher que ama intensamente, chora, desaba, custa a crer no que aquela foto, naquele exato momento quer dizer, tenta traduzir, passa tudo para o papel rapidamente para não perder nem um segundo do ciúme, da dúvida, da descrença, e da dor... essa é sua sina, amiga querida, fazer com que todos "traduzam" suas palavras, como melhor lhes convier...e quem lê e ama você, com certeza é inteligente e sensível o bastante para "sacar" a verdade do que você diz nas entrelinhas e nas frases mais ousadas e verdadeiras que saem de um "arquivo" ainda não de todo morto ...!!! beijos e parabéns pela coragem e todo o meu orgulho e gratidão por ter uma amiga como você !!! CurtirComent

  • Vera Vianna

    Lilian Caruso --- sempre fico curiosa para saber qual trecho vc. escolherá... já nos falamos lá no FB e eu já disse tudo que acho , penso, e amo em vc. principlamente essa sua capacidade de me ler nas entrelinhas... e interpretar os meus sentiementos. Obrigda sempre por fazer parte do meu mundo!bjsss

  • Vera Vianna

    Giovanna Teotonio , sei da sua torcida, e obrigada pelo carinho. Vou continuar, porque vcs. me motivam. bjsss

  • Madja Mesquita Brandao

    Verinha você tem uma enorme força interior e sempre encontra um caminho e uma oportunidade para crescer e se tornar um ser humano melhor, verdadeiro, sem hipocrisias, autêntica., Poder olhar para trás e ver que valeu a pena é uma Vitória. Mulher guerreira vai revelando em seus textos imagens, ações, sentimentos e a generosidade do seu poder criativo....como uma nuvem que de repente faz você chover por dentro...........e sem acôrdo bate o martelo. Guilt.... .... Parabéns.

  • Vera Vianna

    Obrigadaaa Madja Mesquita Brandão... voce como sempre, uma incentivadora que me deixa sempre feliz e honrada com carinhosos comentários! bjsss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *